quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Conheça a MARMOTA


    As marmotas são roedores, têm a aparência de um esquilo mas com dimensões maiores. Vivem em tocas que utilizam para hibernar durante o inverno.


Vigilância e cooperação em familia

    A vida nos prados alpinos não é fácil para a marmota. Os invernos são rigorosos e seu habitat pode ficar bloqueado pela neve por meses. Além disso, predadores no solo e no ar constituem uma ameaça. Por essas razões, a sobrevivência da marmota depende de cooperação, planejamento e vigilância.
    A vida da marmota gira em torno da família. Em geral, ela vive em grupos formados pelos dois pais e seus filhotes. Cada família tem várias tocas - uma para morar e as outras para se esconder quando há perigo. Às vezes, as marmotas escavam suas tocas debaixo de rochas grandes. Essas moradias funcionam como castelos, proporcionando às marmotas pontos de observação e solários para relaxar.
    As marmotas levam a sério a higiene. Para manter a toca principal limpa, usam outra toca como banheiro. Elas constroem uma câmera grande coberta com grama no fundo da toca principal. É nessa câmera segura que as fêmeas dão a luz. Ela também serve de abrigo aconchegante para a família inteira se amontoar durante a longa ibernação do inverno.
    Talvez sua responsabilidade famíliar mais importante seja a de vigiar. Uma marmota adulta atua como guarda enquanto os demais membros da família procuram alimento por perto. Para verificar se existe algum perigo, a marmota às vezes fica sobre as patas traseiras para observar melhor o ambiente ao seu redor. Aves de rapina, raposas e humanos são as principais ameaças. Ela emite um sinal de alarme ao ver esse predadores. É interessante que o sinal de alerta para águias - seu principal inimigo voador - é bem diferenciado. Quando ouvem esse sinal, as marmotas correm para seus abrigos subterrâneos. Num insnte, todas elas somem de vista!
    A obediência é uma questão de vida ou morte, especialmente no caso de marmotas jovens, que são uns dos pratos favoritos da águia-real.


No verão e no inverno

    Nos altos prados onde as marmotas vivem há bastante grama para comer, e o clima no verão é temperado. Quando faz frio, elas tomam sol numa rocha adequada. O calor porém, tras outros desafios, pois elas têm uma pelagem grossa. Por esse motivo, as marmotas costumam ser mais ativas de manhã cedo e no fim da tarde.
    As marmotas hibernam por cerca de seis meses, e algumas espécies por ate nove meses. Durante a hibernação, seu coração chega a bater apenas uma ou duas vezes por minuto, e a temperatura corporal cai para cerca de 5°C. Por isso, durante o verão e o começo do outono, as marmotas comem vorazmente para criar reservas de gordura que durem todo o longo período de hibernação.
    As marmotas jovens são brincalhonas e costumam correr em círculos, perseguindo umas às outras. Marmotas de todas as ídades se cumprimentam encostando o focinho. Os membros da família limpam uns aos outros e ficam bem juntinhos para se aquecer em dias frios.
    As marmotas se preparam para o futuro e estão sempre atentas ao perigo. Talvez famílias humanas possam aprender desses roedores espertos.



   
Fonte Rev. Despertai!